Reservas Minerais

Angola é um dos países com ocorrências mineiras mais importantes na nossa região continental. Com efeito, as primeiras descobertas de diamantes no nosso país datam de 1912, com o achado do primeiro diamante, no riacho Mussalala, na província da Lunda Norte.

A partir deste período, começou uma história de um trabalho importante:

Na década de 90, procurou-se reforçar a capacidade das empresas criadas pelo Estado Angolano, nas áreas de prospecção, produção.

Na verdade, o subsector dos diamantes beneficiou de bases legislativas atractivas para tornar possível tal realidade, com a criação da legislação progressiva, definida pelo Governo de Angola, nomeadamente com a Estratégia do Relançamento do Subsector Diamantífero, o Programa Integrado de Luta Contra o Tráfico Ilegal de Diamantes, a Nova Lei de Investimento Privado e a Política de implementação formal de novos projectos mineiros.

Este esforço é baseado numa realidade local tangível: existe uma amplitude enorme de recursos diamantíferos no país, pois apenas 40% do potencial mineiro angolano mereceu, até agora, uma prospecção detalhada. Neste espaço estudado, informações recolhidas indicam a existência de cerca de 1000 ocorrências kimberlíticas e foram outorgados, no que refere à prospecção, 195 concessões mineiras.

Últimas

Jornadas técnico-científicas

Iniciaram as primeiras jornadas técnico-científicas do MIREMPET

Administradora destaca importância das jornadas

Iniciaram as primeiras jornadas técnico-científicas do MIREMPET

Delegação do Processo Kimberley visita Angola

Uma delegação de Revisão do P.K em visita ao nosso País, deslocou-se na manhã de hoje, ao MIREMPET, em Luanda.

Empresa canadiana vai explorar diamantes na Lunda-Norte

Tango Mining limited vai explorar uma concessão de diamantes em Angola ao abrigo de um contrato assinado com a ...