Notícias

01/08/2017

Odebrecht vende participação

A Sociedade Mineira de Catoca anunciou ter autorizado a venda da quota equivalente a 16,4% do capital pertencente ao Grupo Odebrecht.

No final da 62ª Assembleia Geral do Catoca, presidida pelo Presidente do Conselho de Administração da ENDIAMA, Engenheiro Carlos Sumbula, foi anunciado que a Odebrecht firmou compromisso de vender a sua quota à Sociedade Mineira do Catoca.

Este é mais um importante passo liderado pela ENDIAMA no sentido de reforçar a participação nacional nos grandes investimentos do sector diamantífero no país, não apenas no que respeita ao capital maioritariamente angolano, mas também à constante formação de quadros nacionais que passam a ocupar, com mais frequência, cargos de gestão e de direcção.

A participação de 50,05% do Catoca na mina do Luaxe vai facilitar a atração de financiamentos externos e aumentar a produção de diamantes em Angola. Estimativas preliminares mostram que as reservas do Luaxe representam uma vida útil de 30 anos, podendo criar até 2 mil empregos directos.

Os sócios do Catoca conferiram o devido agradecimento à Odebrecht por sua contribuição no sector mineiro angolano, ao longo dos mais de 30 anos de presença ininterrupta no país. Na oportunidade, o Engenheiro Sumbula reforçou que a Odebrecht continuará a ser um parceiro estratégico nos diversos projectos de infra-estrutura em Angola.

Últimas

ENDIAMA presente na feira Ambiente Angola

A ENDIAMA participou na 6ª edição da Feira Internacional de Tecnologias Ambientais

Conselho de Direção Alargado

O Conselho de Administração da ENDIAMA E.P esteve reunido com os seus Delegados e Directores

Ministro trabalha na sede da ENDIAMA

O Ministro dos Recursos Minerais e Petróleos trabalhou hoje na sede da ENDIAMA E.P.

ENDIAMA e SODIAM apoiam maternidade

A Maternidade Lucrécia Paim e as empresas ENDIAMA e SODIAM firmaram um acordo

ENDIAMA NO MINING INDABA 2018

Decorreu,na Cidade do Cabo, a conferência Internacional de minas, Mining Indaba

ENDIAMA celebra 37 anos

O dia 15 de Janeiro de 2018 ficou marcado pelo 37º aniversário da ENDIAMA E.P.

Lulo mantém ritmo

Sociedade na mina do Lulo continua a gerar resultados bastante positivos

ENDIAMA tenciona produzir 14 milhões de quilates

ENDIAMA E.P, pretende produzir até 2022, 14 milhões de quilates de diamantes

Lulo : Novas Descobertas

A posição de segundo maior diamante de Angola foi agora ocupada pelo diamante de 129,58 quilates

Diamantífera Nacional tem novo Conselho de Administração

O Presidente da República, João Lourenço, nomeou o novo Conselho de Administração da ENDIAMA E.P

Novo Conselho de Administração toma posse

O novo Conselho de Administração da ENDIAMA E.P tomou posse no Palácio Presidencial